sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Aceitar-se é melhor que torturar-se... Accepting yourself is better than torturing yourself ...

Todos gostam do belo e o culto à beleza faz parte da vida.
A estética teve grande impulso na Grécia, sobretudo em seu apogeu civilizatório em 1500 a.C. com suas métricas e medidas canônicas em desenhos lógicos que encantam até hoje.
Estou agora editando o Salutis em que entrevistei Daniela Barbosa, em 2009.
Ela fala sobre antiginástica, técnica que busca a sua história pela história de seu corpo.
A técnica foi desenvolvida por Thérèse Bertherat, fisioterapeuta francesa, que  busca a consciência corporal desperta por movimentos.

Enquanto não sobe no blog, convido a assistir como se pode trabalhar com paixão.
Comente, critique etc...
Excelente sexta para todos. 
Clique aqui.  


Accepting yourself is better than torturing yourself ...
Everyone loves beautiful and the cult of beauty is part of life.

The aesthetic had great momentum in Greece, especially in its heyday civilization in 1500 BC with their canonical metrics and measures in logical designs that delight today.
I am now editing the Salutis when interviewed Daniela Barbosa in 2009.
She talks about antiginástic, a technique that seeks its history the history of your body.

The technique was developed by Thérèse Bertherat, French physiotherapist, who seeks awakens body awareness movements.
While not up on the blog, I invite you to watch as you can work with passion.
Comment, critique etc ...
Great Friday to all.

Click here